Notícias

AÇO FERRAMENTA
28 Nov 2017

 

O aço ferramenta representa uma importante fatia do segmento de aços especiais. Produzido e processado para atingir um alto grau de qualidade, o aço ferramenta é empregado na fabricação de matrizes, moldes, ferramentas de corte, ferramentas para conformação de chapas, corte a frio e componentes de máquinas. Abastecem os segmentos de autopeças, automobilístico, eletro-eletrônico e extrusão de alumínio.

 Este tipo de aço se caracteriza pela elevada dureza e resistência à abrasão. Tem boa tenacidade e mantém as propriedades de resistência mecânica mesmo sob elevadas temperaturas. Tais características são obtidas com a adição de altos teores de carbono e ligas como tungstênio, molibdênio, vanádio, manganês e cromo.

Classificação e Aplicação

Os aços ferramenta são classificados de acordo com suas características metalúrgicas principais ou de acordo com seu nicho de aplicação. A classificação do American Iron and Steel Institute (AISI) é a mais utilizada pela indústria de ferramentaria e tem se mostrado útil para a seleção do produto.

Apesar de existirem mais de 100 tipos de aços ferramenta normalizados internacionalmente, para as mais diversas aplicações e solicitações, a indústria trabalha com uma gama reduzida de opções. São preferidos aqueles que possuem suas propriedades e desempenhos consagrados ao longo do tempo, como, por exemplo, os aços AISI H13, AISI D2, AISI D6(VC131),  AISI P20, O1(VND) e AISI M2.

Os aços ferramenta são divididos em diferentes tipos, de acordo com sua aplicação e características.

AÇO RÁPIDO - Desenvolvido para aplicação de usinagem em elevadas velocidades. Podem ser ao molibdênio (grupo M) e ao tungstênio (grupo T). Ambos possuem performance semelhante, entretanto os do grupo M apresentam menor custo inicial. O aço rápido ao molibdênio tem elevada dureza, resistência ao desgaste e boa tenacidade. Este tipo de aço é frequentemente temperado em banhos de sais. Aplicação: ferramentas, brocas, perfuratrizes, alargadores de furos, machos para abertura de roscas e fresas helicoidais. Alguns tipos podem ser utilizados para determinadas aplicações a frio, como laminadores de rosca, punções e matrizes para corte de discos.

 

AÇOS PARA TRABALHOS A QUENTE - Indicado para utilização em operações de puncionamento, cisalhamento e forjamento de metais em temperaturas elevadas, condições de pressão e abrasão. São identificados como aço H, no sistema de classificação.

São divididos em três subgrupos: ao cromo (entre H10 e H19), ao tungstênio (de H21 a H26) e ao molibdênio (de H42 e H43). Aplicação: os aços ao cromo são utilizados em aplicações de transformações mecânicas a temperaturas elevadas. Os aços ao tungstênio são empregados como mandris ou matrizes de extrusão para aplicações de alta temperatura, como na extrusão de ligas de cobre, ligas de níquel e aço.

 

AÇO PARA DEFORMAÇÃO A FRIO - esse aço se restringe a aplicações que não envolvam aquecimentos repetidos ou prolongados em faixas de temperatura de 205º a 260º C. Isso porque não contém elementos de liga necessários para resistência à deformação a quente. São divididos em três grupos: aços temperáveis ao ar (grupo A), alto-carbono e alto-cromo (grupo D) e temperáveis em óleo (grupo O). Aplicação: os do grupo A são aplicados na produção de facas de cisalhamento, punções, corte de chapas para estampagem e matrizes para aparar. Os do grupo D são aplicados em ferramentas de forjamento, rolos de laminação de rosca, estampagem profunda, moldes de tijolo, calibres, operações de brunimento, rolos e facas para corte de tiras. Os do grupo O são utilizados em matrizes e punções para corte de chapas para estampagem, rebarbação, trefilação, flangeamento e forjamento.

Na Pasifer Aços Especiais, você encontra os seguintes aços ferramenta, redondos, blocos e placas, cortados sob medida e em qualquer quantidade:

 

VC 131 

Aço de extrema estabilidade dimensional do tipo conhecido como indeformável. Excepcional resistência à abrasão e máxima estabilidade de gume. Utilizado também para revestimento de moldes cerâmicos.

 

D2

Usado especialmente em ferramentas que exigem alta resistência à abrasão como matrizes para estampar e cunhar; rolar roscas, repuxamento; centros para tornos; punções; calibres.

 

VND

Ferramentas de corte, especialmente machos, cossinetes, brochas, punções, facas para corte de papel, ferramentas para trabalho de madeira; é também indicado para pinos de guia, roletes para laminar roscas, estampos e matrizes em geral, instrumentos de medição, como calibres, padrões e réguas.

 

H13

Matrizes e punções de forjamento em prensa. Punção para extrusão de ligas não ferrosas. Moldes para fundição por gravidade de ligas leves, especialmente Al. Facas para corte a quente. Matrizes para fundição sob pressão de ligas de alumínio, em peças de menor porte ou pouco complexas. Facas de tesouras a quente.

 

P20

Aço fornecido no estado beneficiado. Possui boa polibilidade e resposta à texturização. Possui usinabilidade melhorada por tratamentos especiais de aciaria. Para melhoria da resistência ao desgaste pode ser nitretado ou cementado. Moldes para injeção e extrusão de termoplásticos não-clorados e pouco abrasivos. Moldes de grandes dimensões.

 

52100

Utilizado em ferramentas para trabalho a frio, como brocas, alargadores, machos, ferramentas para repuxo em tornos, estampos, punções, ferramentas para extrusão a frio, ferramentas para madeira, facas para papel, etc. Como componentes de rolamentos na confecção de pistas internas e externas, esferas, roletes e agulhas. Roletes guia de laminação e rolos desempenadores de barras.

 

(15) 3238-6800

(15) 9 9128-9430